13º Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães PDF Imprimir E-mail

Confira o resultado do 13º Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães

 

1º lugar: Olavo Amaral - Rio de Janeiro - RJ

- Contos:

  • Uok phlau
  • Quarto à beira d`água
  • Icebergs

 

2º lugar: Mariana Salomão Carrara - São Paulo - SP

- Contos:

  • Memória de pano
  • A voz
  • Descoloridos

 

Menções honrosas:

Rodrigo Lage Leite - São Paulo - SP

- Contos:

  • Magrinho
  • Malas prontas para Berlim
  • Vulgar

 

Walther Moreira Santos - Vitória de Santo Antão - Pernambuco

- Contos:

  • Felicidade
  • Satisfação
  • Todas as coisas boas da vida

 

Clique aqui para acessar o folder do 13º Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães

Instalado em 1988, o Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães homenageia o jornalista e escritor sul-rio-grandense que apoiou a criação e expansão das Jornadas Literárias de Passo Fundo, que se realizam a cada dois anos desde 1981. Em 2013, ano em que serão celebrados os 32 anos das Jornadas Literárias, acontecerá a décima terceira edição do concurso.

INSCRIÇÕES

O concurso destina-se a contistas com obras publicadas ou não, que apresentem textos inéditos. Cada participante deverá apresentar três contos. As inscrições serão realizadas de 31 de janeiro de 2013 a 01 de junho de 2013.
As inscrições podem ser feitas através da entrega de originais no local de inscrição (endereço abaixo) ou por correio. Não serão aceitas inscrições por e-mail.

As cópias dos três contos devem ser remetidas ao endereço:
Universidade de Passo Fundo
15ª Jornada Nacional de Literatura
Centro Administrativo, Campus I – BR 285
Bairro São José – CEP 99052-900 – Passo Fundo/RS
Fone/Fax (54) 33168368

Informações sobre o concurso podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou pelo telefone (54) 3316 8368.

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

Os originais deverão ser apresentados em 04 (quatro) vias, em formato A4, digitados numa só face, em espaço 2, fonte Times Roman, tamanho 12, e identificados apenas com o pseudônimo do autor.
As 04 (quatro) vias deverão ser reunidas em único envelope, no qual deverão constar o título do concurso e pseudônimo do autor.
Nesse mesmo envelope, deverá ser colocado outro envelope, contendo a identificação do autor, seu endereço completo, um breve currículo e a indicação dos títulos dos contos.

JULGAMENTO

Os trabalhos serão julgados por uma comissão indicada pelas instituições promotoras, e o nome dos vencedores será divulgado na abertura da 15ª Jornada Nacional de Literatura, em 27 de agosto de 2013, no Casarão da Cultura de Passo Fundo.
Não caberá recurso às decisões da Comissão Julgadora.

PREMIAÇÃO

Os dois melhores contistas receberão prêmios no valor de:

1º lugar: R$ 5.000,00 (cinco mil reais);
Troféu Vasco Prado

2º lugar: R$ 3.000,00 (três mil reais);
Troféu Vasco Prado

Alguns trabalhos poderão ser destacados com menção honrosa, a critério da Comissão Julgadora.
Os contos premiados poderão ser editados em antologia organizada pelo Instituto Estadual do Livro, a ser publicada em coedição com a Fundação Universidade de Passo Fundo e Prefeitura Municipal de Passo Fundo.

OUTRAS DISPOSIÇÕES

Os casos não previstos por este regulamento serão resolvidos pela Comissão Julgadora.
A inscrição implicará, por parte do concorrente, a aceitação dos termos do presente regulamento, bem como a cessão, sem ônus, dos direitos autorais dos trabalhos inscritos, para eventual publicação, até 05 (cinco) anos após o encerramento do concurso.

____________________________________________________________________

 

F.A.Q

(Frequently Asked Questions/Perguntas mais frequentes)

1 – Há um número máximo e/ou mínimo de caracteres/páginas de cada conto?

Não há número máximo nem mínimo, tanto de páginas como de caracteres.

2 – O conto pode estar publicado na Internet (site, blog, etc.)?

Não. O conto precisa ser inédito.

3 - O regulamento do concurso prevê a participação de menores de 18 anos de idade?

Não há restrição quanta à idade.

4 – Os três contos devem ter uma temática em comum?

Não.